SOCIEDADE BRASILEIRA PARA
O ESTUDO DE QUIRÓPTEROS

 

Brazilian Bat Research Society

 

Conheça Nossa Equipe

Sobre o Comitê

O Comitê da Lista de Morcegos do Brasil - CLMB foi criado em abril de 2011 pelo conselho de administração da Sociedade Brasileira de Estudos de Quirópteros (Sbeq), com o objetivo de fornecer a seus membros e ao público em geral uma lista oficial de morcegos brasileiros. Os primeiros resultados desse Comitê foram publicados em 2014, quando 178 espécies, em 68 gêneros e 9 famílias, foram reconhecidas como tendo registros válidos para o país (Nogueira et al., 2014). Na mesma publicação, o Comitê também relatou duas listas adicionais, uma incluindo registros duvidosos (10 espécies) e outra com registros errôneos (6 espécies). Desde que ficou disponível, essa lista de verificação foi citada em pelo menos 125 publicações (do Google Scholar; avaliadas em setembro de 2018), corroborando as expectativas de que seria um recurso útil, especialmente para pesquisadores de morcegos.

Esta página pretende dar conta de um objetivo adicional de nosso Comitê, que é fornecer uma atualização contínua da lista de morcegos brasileiros. Deve ser visto como um complemento de nossa referência principal (Nogueira et al., 2014), e recomendamos uma leitura conjunta quando a diversidade brasileira de morcegos estiver sendo considerada (as notas que sustentam os registros originais não são repetidas aqui). Cada mudança apresentada abaixo recebeu um número de identificação, seguido de uma indicação da mudança em si, uma descrição do evento que resultou nessa mudança (por exemplo, descrição de novas espécies), a referência onde foi publicada, o número de coleta de uma amostra com registro (quando aplicável) e a data em que a alteração foi incluída nesta página. Quando a mudança adotada se baseia em observações pessoais de um membro do comitê, esse membro se torna a referência para a mudança, até que informações publicadas estejam disponíveis para substituí-la. Nem todas as entradas em nossa lista de alterações representam, de fato, alterações. Em casos de atos nomenclaturais conflitantes, podemos optar pela retenção do acordo atual. 

Ao selecionar registros para avaliação e possível inclusão aqui, o Comitê adotou a mesma lógica descrita em Nogueira et al. (2014): foram considerados apenas aqueles apoiados em material de voucher e encontrados em artigos revisados ​​por pares e em breves comunicações publicadas em revistas científicas e livros. Nossa intenção é manter esta página constantemente atualizada, apresentando as alterações assim que elas estiverem disponíveis para nós e forem consideradas válidas. Convidamos autores de manuscritos aceitos que contenham registros que potencialmente afetam nossa (s) lista (s) a entrar em contato conosco (contato: sbeq.contato@gmail.com) e enviar uma versão preliminar de seus documentos. Da mesma forma, sugestões e comentários da comunidade científica em geral são bem-vindos. As três listas apresentadas em Nogueira et al. (2014) são aqui denominadas lista 1 (lista oficial de morcegos brasileiros), lista 2 (lista de registros duvidosos) e lista 3 (lista de registros errôneos).

Análisis_filogenético_del_género_Mimon.j

1- Use of Gardnerycteris Hurtado and Pacheco, 2014 instead of Mimon Gray, 1847, for crenulatum, resulting in the new name combination Gardnerycteris crenulatum (É. Geoffroy St.-Hilaire, 1803). Nomenclatural change. Hurtado and Pacheco (2014). 25-X-2018.

2- Retention of Platyrrhinus helleri (Peters, 1866) in list 2. Record in Fischer et al. (2015) (ZUFMS 0158) requires revision (see the author's comments). 25-X-2018.

3- Exclusion of Eumops dabbenei Thomas, 1914 from list 2 and inclusion in list 1. Record revalidation. Fischer et al. (2015). 25-X-2018. (ZUFMS 1319)

4- Inclusion of Lonchophylla inexpectata Moratelli & Dias, 2015 in list 1. New species description. Moratelli and Dias (2015). 25-X-2018. (USNM 238008)

5- Inclusion of Histiotus diaphanopterus Feijó, Rocha & Althoff, 2015 in list 1. New species description. Feijó et al. (2015). 25-X-2018. (UFPB 9490)

6- Inclusion of Chiroderma salvini Dobson, 1878 in list 3. Identification revised. Original record from Rocha et al. (2015); (MZUSP 35408). G. Garbino,  pers. obs. 25-X-2018. 

Gregorin et al.jpg

7- Inclusion of Eumops chimaera Gregorin, Moras, Acosta, Vasconcellos, Poma, Santos & Paca, 2016 in list 1. New species description. Gregorin et al. (2016). 25-X-2018. (CMUFLA 1889)

8- Inclusion of Pteronotus rubiginosus (Wagner, 1843) in list 1. Elevation of subspecies to species. Pavan and Marroig (2016). 25-X-2018. (MZUSP 35152)

9- Exclusion of Pteronotus parnellii (Gray, 1843) from list 1 and inclusion in list 3. The subspecies of P. parnellii known to occur in Brazil was elevated to species (see change 13). Pavan and Marroig (2016). 25-X-2018

moras2016.jpg

10- Inclusion of Cynomops mastivus (Thomas, 1911) in list 1. Junior synonym—of Cynomops abrasus (Temminck, 1826) sensu Eger, 2008—recognized as a valid species. Moras et al. (2016). 25-X-2018. (DZSJRP 11600)

11- Exclusion of Micronycteris brosseti Simmons & Voss, 1998 from list 1 and inclusion in list 3. Identification revised. Garbino (2016). 25-X-2018. 

12- Inclusion of Hsunycteris pattoni (Woodman & Timm, 2006) in list 1. New record for Brazil. Velazco et al. (2017). 25-X-2018.  (USNM 530962)

pavan et al 2018.jpg

13- Inclusion of Pteronotus alitonus  Pavan, Bobrowiec & Percequillo, 2018 in list 1. Pavan et al. 2018.   25-X-2018. (INPA 6942)

14- Exclusion of Myotis dinellii Thomas, 1902 from list 1 and inclusion in list 3. Identification revised. R. Moratelli, pers. obs. 25-X-2018.

De acordo com a última mudança (mudança número 14), a lista oficial de morcegos brasileiros inclui agora 182 espécies em 69 gêneros e 9 famílias (Tabela 1). A lista de registros duvidosos mudou para 9 espécies (Tabela 2) e a lista de registros errôneos aumentou para 10 espécies (Tabela 3).

Confira a Lista de Espécies Completa!

Aqui você pode consultar a lista completa das espécies de morcegos brasileiras online, nas tabelas indicadas abaixo. Se preferir, disponibilizamos o link para download do arquivo .xls ao final das tabelas.

Tabela 1: Lista atualizada das espécies de morcegos no Brasil, conforme reconhecido pelo Comitê da Lista de Morcegos Brasileiros. Veja as alterações listadas acima e nossa lista original de registros brasileiros de morcegos (Tabela 1 em Nogueira et al., 2014) para obter detalhes. As espécies endêmicas do Brasil recebem um asterisco.

Tabela 2. Lista atualizada de espécies de morcegos cujo registro formal para o Brasil foi considerado duvidoso pelo Comitê da Lista de Morcegos Brasileiros. Veja as alterações listadas acima e nossa lista original de registros duvidosos (Tabela 2 em Nogueira et al., 2014) para obter detalhes.

Tabela 3. Lista atualizada de espécies de morcegos cujo registro formal para o Brasil foi considerado errôneo pelo Comitê da Lista de Morcegos Brasileiros. Veja as alterações listadas acima e nossa lista original de registros incorretos (Tabela 3 em Nogueira et al., 2014) para obter detalhes.

Você também pode baixar a lista completa aqui:

Referências

Eger, J.L., 2008. Family Molossidae. In: Gardner, A.L. (Ed.), Mammals of South America Vol 1: Marsupials, Xenarthrans, Shrews and Bats. , 2nd. ed. Smithsonian Institution Press, Washington D.C USA, pp. 399–440.

Feijó A., P.A. Rocha, and S.L. Althoff. 2015. New species of Histiotus (Chiroptera: Vespertilionidae) from northeastern Brazil. Zootaxa 4048(3): 412–427.

Fischer E., C.F. Santos, L.F.A.C. Carvalho, G. Camargo, N.L. Cunha, M. Silveira, M.O. Bordignon, and C.L. Silva. 2015. Bat fauna of Mato Grosso do Sul, southwestern Brazil. Biota Neotropica 15(2): e20140066. Epub June 02, 2015.https://dx.doi.org/10.1590/1676-06032015006614

Garbino G.S.T. 2016. Research on bats (Chiroptera) from the state of São Paulo, southeastern Brazil: annotated species list and bibliographic review. Arquivos de Zoologia 47(3): 43–128. doi:http://dx.doi.org/10.11606/issn.2176-7793.v47i3p43-128.

Gregorin R., L.M. Moras, L.H. Acosta, K.L. Vasconcellos, J.L. Poma, F.R. Santos, and R.C. Paca. 2016. A new species of Eumops (Chiroptera: Molossidae) from southeastern Brazil and Bolivia. Mammalian Biology 81(3): 235–246.

Hurtado, N. and V. Pacheco. 2014. Análisis filogenético del género Mimon Gray, 1847 (Mammalia, Chiroptera, Phyllostomidae) con la descripción de un nuevo género. Therya 5(3): 751-791 doi:10.12933/therya-14-230.

Moras, L.M., Tavares, V.C., Pepato, A.R., Santos, F.R., Gregorin, R., 2016. Reassessment of the evolutionary relationships within the dog-faced bats, genus Cynomops (Chiroptera: Molossidae). Zool. Scr. 45 (5), 465–480.

Moratelli R. and D. Dias. 2015. A new species of nectar-feeding bat, genus Lonchophylla, from the Caatinga of Brazil (Chiroptera, Phyllostomidae). ZooKeys 514: 73–91.

Nogueira, M., Gregorin, R., de Lima, I., Tavares, V., Moratelli, R., & Peracchi, A. (2014). Checklist of Brazilian bats, with comments on original records. Check list, 10, 808.

Pavan A.C. and G. Marroig. 2016. Integrating multiple evidences in taxonomy: species diversity and phylogeny of mustached bats (Mormoopidae: Pteronotus). Molecular Phylogenetics and Evolution103:184–198.(http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1055790316301580)

Pavan, A.C., Bobrowiec, P.E.D. and  Percequillo, A.R. 2018. Geographic variation in a South American clade of mormoopid bats, Pteronotus (Phyllodia), with description of a new species. Journal of mammalogy 99(3): 624–645.

Rocha P., M.V. Brandão, G. Garbino, I.N. Cunha, and C.C. Aires. 2015. First record of Salvin’s big-eyed bat Chiroderma salvini Dobson, 1878 for Brazil. Mammalia 79. 10.1515/mammalia-2015-0077.

Velazco P.M., J.A. Soto-Centeno, D.W. Fleck, R.S. Voss, and N.B. Simmons. 2017. A new species of nectar-feeding bat of the genus Hsunycteris (Phyllostomidae: Lonchophyllinae) from northeastern Peru. American Museum Novitates 3881: 1–26.​

Como citar informações desta página:

Nogueira M.R., I.P. Lima, G.S.T. Garbino, R. Moratelli, V.C. Tavares, R. Gregorin, and A.L. Peracchi. 2018. Updated checklist of Brazilian bats: versão 2018. Comitê da Lista de Morcegos do Brasil—CLMB. Sociedade Brasileira para o Estudo de Quirópteros (Sbeq).<https://www.sbeq.net/lista-de-especies> acessado em: