SOCIEDADE BRASILEIRA PARA
O ESTUDO DE QUIRÓPTEROS

 

Brazilian Bat Research Society

 

CAATINGA

Boqueirão da Onça, Sento Sé, Bahia. Foto: Patrício Rocha.

Conheça Nossa Equipe

Patrício Adriano Rocha

Coordenador

Emmanuel Messias Vilar

Equipe

Eugenia Cordero Schmidt

Equipe

Sobre a Caatinga

A Caatinga é uma formação vegetal sazonalmente seca, típica da porção interiorana do Nordeste do Brasil. Caracterizada por um clima semiárido, com chuvas irregulares e concentradas em um curto período do ano (geralmente não ultrapassando 1000 mm anuais), a Caatinga apresenta uma vegetação adaptada a escassez de água, como é o caso das cactáceas, bromélias e uma gama de outras plantas espinhosas e caducifólias que compõem a paisagem.
 
O pré-conceito de que a Caatinga era um ecossistema com baixa biodiversidade já está definitivamente ultrapassado. No caso específico dos morcegos, a lista de espécies vem crescendo a cada ano e a medida em que os esforços de pesquisa se intensificam, mais espécies estão sendo registradas (ex: Macrophyllum macrophyllum, Nyctinomops macrotis) ou descritas (ex: Histiotus diaphanopterus, Lonchophylla inexpectata). Atualmente são conhecidas pelo menos 82 espécies de morcegos na Caatinga, três das quais são consideradas endêmicas, Xeronycteris vieirai, Lonchophylla inexpectata e Chiroderma vizottoi.
 
Apesar dos avanços nas últimas décadas, o conhecimento sobre os padrões e processos ecológicos inerentes à quiropterofauna da Caatinga ainda são bastante incipientes, com muitas lacunas a serem preenchidas. Mais além,  muitas das áreas consideradas pelo Ministério do Meio Ambiente como prioritárias para a conservação da biodiversidade da Caatinga não possuem sequer informações básicas sobre a quiropterofauna, bem como sobre outros componentes da sua biota. Tal cenário, atrelado ao alto grau de degradação das paisagens naturais (em muitos casos susceptíveis à desertificação) faz com que essa escorregão, genuinamente brasileira, necessite de ações urgentes de conservação, como a criação de novas UCs de Proteção Integral.

Ações

Capacitação de profissionais ligados à vigilâncias ambientais e epidemiológicas, para correta identificação taxonômica de morcegos nas ações do programa da raiva.
Execução do projeto “Morcegos sinantrópicos no Estado da Paraíba: diversidade, ecologia de abrigos e aspectos epidemiológicos”.

Como citar informações desta página:

Rocha, P.A.; Vilar E.M.; Cordero-Schmidt, E. 2019. Secretaria Regional da Caatinga. SBEQ 2019.v2.<http://www.sbeq.net/caatinga>acessado em:

2020 SBEQ